Polícia prende em Feira acusado de assalto a banco em três estados

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

Uma força-tarefa, formada por policiais civis da Secretaria de Segurança Pública (SSP), CIPE-Litoral Norte e policiais federais, prenderam na manhã desta sexta-feira (16), Solemar Lopes de Almeida, sob a acusação de participar de uma quadrilha especializada em assalto a banco e carros-fortes. Ele foi preso em uma residência situada no bairro Jardim Cruzeiro, após policiais acompanharem toda a movimentação no local durante dois dias.

De acordo com o delegado da Polícia Federal Fábio Marques, Solemar Lopes de Almeida tinha mandados de prisão em aberto, expedidos pela Justiça da cidade de Brasília (DF) e do estado de Goiás, por assaltos praticados na Bahia, Goiás e Minas Gerais.

Delegado Fábio Marques (Foto: Ney Silva/Acorda Cidade)

“A gente tinha a informação de que um investigado da cidade de Brasília, responsável por assaltos na cidade de Bom Jesus da Lapa (BA), Formosa (GO) e um carro-forte em Unaí (MG), estaria em Feira de Santana residindo em uma casa, no bairro Jardim Cruzeiro”, informou o delegado da PF, acrescentando que Solemar foi preso quando saía de casa em um veículo Cruze LT, da Chevrolet.

Ele afirma que durante a abordagem dos policiais, o acusado apresentou um documento falso com o nome de Ronaldo Alves Cardoso, e logo em seguida foi conduzido para a Polícia Federal para ser lavrado o flagrante.
“Esse acusado é responsável por uma residência em Goiás, onde foram encontradas diversas armas usadas nos assaltos. Ele irá responder por assalto a banco, formação de quadrilha, uso de documento falso, e inclusive existem veículos adquiridos com o nome falso”, revelou Fábio Marques.

Candidato a vereador

Delegado Fábio Marques (Foto: Ney Silva/Acorda Cidade)

O delegado da PF acrescentou ainda que a investigação vinha sendo realizada há algum tempo e alguns integrantes da quadrilha já foram presos em outros estados e agora foi o momento da prisão de Solemar, que já se candidatou ao cargo de vereador na cidade de Irecê.

“Ele, apesar de já ter sido candidato a vereador na cidade de Irecê, é acusado de diversos assalto a banco no Brasil. Ele é integrante de uma grande quadrilha, bastante perigoso e também exercia liderança no grupo”, relatou Fábio Marques.

Do Acorda Cidade



COMENTÁRIOS

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Alta Pressão. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Alta Pressão pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

COMPARTILHAR