França é bicampeã do mundo na Copa da Russia 2018

Foto : Divulgação/Getty Images/Fifa

Tão bela quanto foi a festa de abertura da Copa do Mundo da Rússia 2018, foi também a cerimônia de encerramento que antecedeu a grande decisão do título no 31º dia, entre França x Croácia. A França uma das maiores economias do mundo e um índice de alfabetização de 99%, expectativa de vida de 81,9 anos e uma renda Per capita de US$ 43,6 mil. A Croácia que só conquistou a sua independência há 26 anos, possui um índice de alfabetização 99,3%, expectativa de vida de 76,1 anos e uma renda Per capita de US$ 23,4 mil.

No futebol que é o nosso foco, a França é a grande favorita, já possui um título conquistado em 1998, quando sediou o Mundial, e vence em todas as bolsas de apostas do mundo quando o assunto é quem será a campeã de 2018. A Croácia por sua vez em 1998, fazia sua primeira participação em uma Copa do Mundo, após a sua independência.

Dado o pontapé inicial, a Croácia assume o domínio do jogo com maior posse de bola partindo para cima da França, pressionando a mesma no seu campo de defesa durante os 17 minutos iniciais, mas em uma das poucas vezes que a França chegou na área dos croatas aos 18 minutos do 1º tempo, através de cobrança de falta de Griezmann, Madzukic na tentativa de afastar o perigo, coloca contra sua própria rede se tornando o primeiro jogador a marcar um gol contra em uma final de Copa do Mundo para fazer França 1 x 0 Croácia.

A Croácia continua melhor em campo, impondo seu ritmo e buscando empatar o jogo, o que acontece em cobrança de falta ensaiada aos 28 minutos do 1º tempo, por Modric, Vrsaljko toca pra Vida que ajeita para Perisic Fazer França 1 x 1 Croácia.

Apesar da Croácia ter maior posse de bola 66%, ser a melhor em campo e já merecer o segundo gol, por ironia do futebol é a seleção francesa que mais uma vez sai na frente, em bola levantada para área que desvia na mão do zagueiro croata e o Juiz Nestor Pitana, após revisão do lance pelo VAR (Árbitro de Vídeo) assinala pênalti que Griezmann cobra aos 38 minutos do 1º tempo, sem chance de defesa para Subsic, fazendo França 2 x 1 Croácia, que apesar de ser melhor no jogo termina a 1ª etapa perdendo a partida.

Segundo tempo Croácia inicia a partida indo para cima da França obrigando a mesma marcar no seu campo, cria várias oportunidades, desperdiça chances importantes de empatar novamente a partida, e como castigo Mbappé recebe pelo lado direito, toca para Griezmann que ajeita para Pogba aos 14 minutos do 2º tempo chutar após a zaga rebater ele mesmo aparece para fazer França 3 x 1 Croácia e encaminhar o título para os franceses.

Aos 20 minutos do 2º tempo foi a vez de Mbappé que se encontrava desaparecido na partida, receber de Lucas Hernandez para fazer França 4 x 1 Croácia e se tornar após Pelé em 1958, o 2º jogador mais jovem a marcar em uma decisão de Mundial e no final receber o título de melhor jogador Jovem da Copa do Mundo da Rússia em 2018.

Quando tudo parecia consolidado o goleiro Lloris faz uma gracinha ao tentar driblar Madzukic, que aos 24 minutos do 2º tempo desvia para descontar e fazer França 4 x 2 Croácia, mas ficaria nisso se confirmando a premissa de que a única equipe a virar uma final de Copa após terminar o primeiro tempo atrás no marcador foi o Uruguai contra a Argentina em 1930 na 1ª edição desse torneio.

Final de Jogo no qual o senso de aproveitamento, oportunismo e a qualidade técnica e individual dos franceses marcaram e fizeram a diferença no resultado final e merecidamente por tudo que fez neste Mundial, a FRANÇA É CAMPEÃ NA COPA DA RÚSSIA E BICAMPEÃ DO MUNDO, ficando como prêmio para a CROÁCIA O 2º LUGAR e a realização de uma campanha histórica desde a sua existência, encantando o mundo com um futebol bonito e sem praticar em nenhum momento da competição a violência ou a retranca.
PARABÉNS FRANÇA, PARABÉNS CROÁCIA!
ATÉ O QATAR EM 2022!

A França venceu com:
Lloris.
Pavard, Varane, Untiti e Hernández.
Mbappé, Pogbá, Kanté (N’Zonzi) e Matuidi (Tolisso).
Griezmann e Giroud (Fekir).

A Croácia perdeu com:
Subasic.
Vrsaljko, Lovren, Vida e Strinic (Pjaca).
Brozovic.
Rebic (Kramaric), Modric, Rakitic e Perisic.
Mandzukic.

Gol: Mandzukic (contra) (01) aos 18 minuto do 1º tempo para a França.
Gol: Perisic (1) aos 28 minutos do 1º tempo para a Croácia
Gol: Griezmann (01) aos 38 minuto do 1º tempo para a França.
Gol: Pogba (01) aos 14 minuto do 2º tempo para a França.
Gol: Mbappé (01) aos 20 minuto do 2º tempo para a França.
Gol: Mandzukic (01) aos 24 minuto do 2º tempo para a Croácia.

*Por José Gomes, para o Alta Pressão Online



Receba notícias em tempo real diretamente no seu Smartphone ou computador, assine agora.