Papa defende amamentação em público: ‘Linguagem de amor’

Foto: Reprodução/Reuters/Notícias ao Minuto

O Papa Francisco defendeu, mais uma vez, a amamentação em público neste domingo (7). O pontífice nascido na Argentina avisou às mães das 34 crianças batizadas em cerimônia na Capela Sistina que ficassem à vontade para dar de mamar aos filhos que tivessem fome.

“Se eles começam com um concerto (de choros), ou se estão incomodados, ou com calor, ou não se sentem bem, ou têm fome… Amamentem-os, não tenham medo, alimentem-os porque isso também é linguagem de amor”, avisou Francisco, segundo publicou a AFP.

Não é a primeira vez que o papa defende a amamentação em batismos e missas – uma resposta à onda de pessoas contrárias ao ato público de amamentar, em todo o mundo. A cerimônia teve duração de duas horas.

Notícias ao Minuto

COMENTÁRIOS


AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Alta Pressão. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Alta Pressão pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

COMPARTILHAR