VATICANO: Papa diz estar preocupado com “incapacidade” para se chegar a acordo na Síria

Foto: Reprodução

O papa Francisco disse hoje (15/4) se sentir “profundamente preocupado” com “a incapacidade” de se chegar a uma ação comum destinada à paz na Síria. A informação é da agência EFE.

Ao término da oração do Regina Coeli na Praça de São Pedro, no Vaticano, Francisco lamentou que “apesar dos instrumentos à disposição da comunidade internacional, custe chegar a uma ação comum a favor da paz na Síria e em outras regiões do mundo”.

O papa afirmou que reza “incessantemente pela paz”, convidou todas as pessoas de boa vontade a fazê-lo e fez um apelo “a todos os responsáveis políticos para que prevaleça a justiça e a paz”.

O pontífice se pronunciou após a ofensiva coordenada por Estados Unidos, França e Reino Unido contra alvos militares na Síria em represália ao suposto ataque com armas químicas em Duma por parte do regime de Bashar al Assad.


COMENTÁRIOS

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Alta Pressão. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Alta Pressão pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.