Novo dono do triplex já tem condenação por fraude em licitação

Foto : Divulgação

O empresário Fernando Costa Gontijo, que comprou em leilão pelo lance mínimo de R$ 2,2 milhões o triplex em Guarujá (SP) atribuído ao ex-presidente Lula (PT), afirmou que o imóvel é um “bom investimento” porque tem “uma simbologia” e “posição privilegiada”.

Segundo o Estadão, Gontijo, que realizou a compra a cinco minutos do fim do leilão, tem pendências com a Justiça.

Ele foi condenado por improbidade no âmbito da Operação Confraria, deflagrada na Paraíba contra fraudes em licitações na Prefeitura de João Pessoa, em 2005.

Além de Gontijo, outros oito sentenciados – entre eles, o ex-governador do Estado e ex-prefeito de João Pessoa Cícero de Lucena Filho (PSDB), que chegou a ser preso na ação da PF –, devem pagar multa de R$ 852 mil.

O valor é referente ao superfaturamento de obras públicas de infraestrutura bancadas com dinheiro de convênios entre a União e a Prefeitura.


COMENTÁRIOS

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Alta Pressão. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Alta Pressão pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.